Chegando o verão chega também nossa preocupação com o mosquito  Aedes Aegypti. 

Todos já sabem que esta é a estação preferida por eles, pois é um período que a proliferação é maior devido a decorrência da chuva irregular e a temperatura alta.

A secretaria publica de saúde faz nesta época visitas em algumas casas para averiguar se encontram algum ponto com agua parada que pode ajudar no desenvolvimento das larvas do mosquito. Os ovos podem permanecer grudados nos recipientes por 450 dias. Nos seres humanos, a permanência do vírus incubado pode durar de três a quinze dias.

E é Classificada em 2 tipos : Clássica, Hemorrágica e Síndrome de Choque de Dengue, a enfermidade pode levar a óbito e por este motivo o combate é tão importante.

Veja algumas dicas para evitar a proliferação: 

Desobstruir as calhas, e limpa-las visando o não entupimento das mesmas.

Retirar entulhos; desde brinquedos abandonados no quintal até outros tipos de objetos.

Usar terra ou emborcar pratinhos usados nas plantas; lavá-los duas vezes por semana com bucha e sabão.

Guardar pneus em lugares cobertos

Tampar os recipientes utilizados para armazenamento de água; lavar os baldes duas vezes na semana e quando for trocar a água.

Veja também alguns sintomas causados pela Dengue:

Dengue Clássica

Febre alta com início súbito. 

Dor de cabeça. 

Dor atrás dos olhos, que piora com o movimento deles. 

Perda do paladar e apetite. 

Náuseas e vômitos. 

Tonturas.

Extremo cansaço. 

Manchas e erupções na pele semelhantes ao sarampo, principalmente no tórax e membros superiores. 

Moleza e dor no corpo. 

Muitas dores nos ossos e articulações.

Dengue Hemorrágica

Os sintomas da dengue hemorrágica no início da doença são os mesmos da dengue comum. A diferença ocorre, com maior frequência, quando acaba a febre e começam a surgir os sinais de alarme: 

Dores abdominais fortes e contínuas. 

Vômitos persistentes. 

Pele pálida, fria e úmida. 

Sangramento pelo nariz, boca e gengivas. 

Sonolência, agitação e confusão mental.

 Sede excessiva e boca seca. 

Pulso rápido e fraco. 

Dificuldade respiratória. 

Perda de consciência.

No caso da Dengue hemorrágica a doença pode levar a pessoa a Óbito em até 24 horas.

Todos nós temos que nos prevenir e entender que esta doença é muito perigosa e requer atenção. Juntos somos mais fortes.