Isto é um fato! Todo mundo tem uma mãe. Ela pode até não ter seu DNA, e nem parecer com você, mas com certeza “todo mundo tem uma mãe”. Já vi todo tipo de mãe: mãe avó, mãe tia, mãe vizinha, “mãedrasta”, mãe de leite, mãe de criação, mãe de adoção, mãe do coração, mãe por opção, mãe por consequência e mãe por vocação.

E o que há de comum no título de mãe? O coração! Ah, com certeza você já ouviu a frase: “Coração de mãe sempre cabe mais um! ” E cabe mesmo! Coração de mãe é grande e ele se molda com a chegada de cada filho.

A estrutura familiar vem sofrendo mudanças ao longo dos anos. As mulheres em busca de seu desenvolvimento profissional têm tomado a decisão da maternidade cada dia mais tarde.  Há ocasiões em que o sonho vira um pesadelo. Mas a mulher decidida mesmo a ser mãe, consegue realizar o sonho da maternidade sem criar em sua mente um prospecto perfeito de geração. Aliás, isto não existe. Quem disse que a forma perfeita de ser mãe é gerando o filho em sua própria barriga? Esta é a lei da natureza, mas nem sempre ela coopera com os nossos sonhos.

A administradora Daniela Bertasso (37) conseguiu realizar o sonho da maternidade de uma forma nada convencional: “Eu lutei muitos anos para engravidar, mas por conta de uma doença chamada endometriose, não consegui. Hoje, sou casada e ganhei neste casamento dois enteados. Eles são minha vida, meu tudo. São meus filhos do coração. É claro que ainda tenho desejo de ter mais um filho, mas a maternidade já é uma realidade na minha vida. ”

Ser mãe não é apenas um status. Ser mãe é um posicionamento. A mulher para ser considerada uma “mãe de verdade” precisa atribuir valores a quem chama de filho. Mãe é quem dá atenção, dá conselhos, corrigi e briga quando é necessário, se importa com o futuro do filho. A mãe de verdade não é esquecida, relapsa ou indiferente. São pequenos e grandes cuidados que só quem é mãe de verdade conhece. E mesmo quando os filhos saem do ninho, as preocupações continuam.

O dia das mães está chegando. Aproveite esta data para demonstrar seu afeto por sua mãe, seja ela quem for! Presentei! Valorize o dia dela. Seja criativo, faça uma surpresa! Já pensou num cantinho de descanso para sua mãe? Uma poltrona, uma espreguiçadeira, uma cadeira bonita de quarto. Você pode proporcionar a ela o prazer de ter um cantinho só dela, para leitura, meditação, ouvir uma música, ou quem sabe dar um colinho para o filho preferido.

Uma outra sugestão de presente é um colchão massageador. Aliviar as tensões é necessário, e sua mãe ficará extremamente satisfeita com um presente assim. Uma cadeira de balanço, além de charmosa e valorizar o ambiente, traz momentos de conforto que com certeza farão sua mãe ter orgulho de você.

Mas independente do presente que você escolher, dê atenção, demostre amor e cultive os laços afetivos.

Conheça um pouco mais sobre a BV Magazine, Clique aqui. Mantenha-se sempre bem informado assinando gratuitamente nossa newsletter para receber a atualização de conteúdo.