Elis Regina eternizou o desejo de muitos na canção “Eu quero uma casa no campo”. Mas porque este é o desejo de tantas pessoas? O que há de tão especial assim em uma casa no campo?  A própria canção nos traz algumas características da casa no campo: Encontrar paz na natureza, criar animais, ter o privilégio do silêncio, o cultivo da agricultura, o modelo rústico da decoração, os encontros em família, a eternidade dos poucos amigos e os hobbyies musicais e literários.

Antigamente, o êxodo rural era algo muito comum. As pessoas saiam de suas casas no campo em busca de melhores condições de vida e oportunidades de trabalho na cidade. Hoje, podemos dizer que também existem os grupos opostos ao êxodo rural. As pessoas estão cansadas da agitação e da falta de segurança nos centros urbanos. Muitos têm buscado refúgio nas casas de campo ao menos para passar os finais de semana e feriados. Outros, tem adotado a casa no campo como um novo estilo de vida, mas simples e braçal.

Quando pensamos em casa de campo, logo vem em nossa mente casas coloniais, com grandes jardins, fogão a lenha e o cheirinho de café e bolo de fubá. Realmente, quem busca uma casa de campo, busca conforto, aconchego, natureza, ar puro e comida caseira. A casa de campo nos traz a oportunidade de encontrar a paz através dos recursos naturais, ou a solidão do silêncio e das noites mais frias.

Os elementos rústicos utilizados na decoração de uma casa de campo, tornam o contato ainda mais próximo à natureza. Isto gera uma energia boa e positiva, dando-nos sensação de bem-estar. A madeira é a base da decoração rústica. Ela está presente nos mais variados móveis que esculpem seus talhados como uma verdadeira obra de arte. A madeira pode marcar presença nas vigas de teto, nas escadas, nos pisos e nas paredes. Em cada cômodo da casa, a presença da madeira é inevitável. Desde as grandes mesas e cadeiras pesadas na cozinha, dando imponência ao ambiente. Cristaleiras de madeira talhada com detalhes em vidro trazem charme à sala de estar. Poltronas de madeira na sala e mesas laterais mostram personalidade ao ambiente. Roupeiros e cômodas nos quartos, cadeiras de balanço nas varandas, grandes estantes de livros, enfim, a madeira harmoniza o ambiente fazendo o rústico se encontrar com a simplicidade da vida no campo.

Os tijolinhos, as pedras, o couro, também são elementos rústicos que podem agregar valor na decoração da casa no campo. A lareira, o forno e o fogão a lenha, as redes, os tecidos nas cortinas, os materiais sintéticos que imitam pelagens de animais, enfim, são muitos os detalhes de uma casa no campo. O importante é que as características rústicas de uma casa de campo, contrastam a sublimidade com a simplicidade.

A arquitetura moderna vem trazendo outros elementos que somam força a este cenário de paz. Os vidros vão se harmonizando com as pedras. O porcelanato vai se contrastando com a madeira. E cada um vai embutindo sua personalidade com o objetivo de transformar a casa no campo em um ninho acolhedor.

O cenário da casa no campo se incrementa com o lado de fora da casa: Jardins, hortas, animais, piscinas e espaços de lazer. Tudo para promover o real objetivo de quem quer ter uma casa no campo: Paz, tranquilidade, aconchego e lazer.

Conheça um pouco mais sobre a BV Magazine, Clique aqui. Mantenha-se sempre bem informado assinando gratuitamente nossa newsletter para receber a atualização de conteúdo.